Notícias


Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

15/12
2016

Palestras sobre Primatologia atraem público acadêmico e profissional no Cemafauna

A ciência da Primatologia esteve em pauta durante palestras promovidas pelo Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) e o programa de Pós-graduação Ciências da Saúde e Biológicas da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) nos dias 8 e 9 desse mês. Os eventos atraíram muitos estudantes e profissionais das áreas da biologia, medicina veterinária e zootecnia.

A primeira palestra, na quinta-feira (08), foi ministrada pelo biólogo e professor doutor Rodrigo Salles de Carvalho com o tema “Pesquisa científica e conservação de primatas”, discorrendo sobre seu caminho profissional, as experiências do doutorado e ações conservacionistas que demandam tempo e, no entanto, são muito necessárias e enriquecedoras.  “Hoje eu trabalho com duas coisas relativamente distintas, mas que se complementam: a pesquisa científica propriamente dita e todo um universo de conservação paralelo a ela. Muitas vezes o aluno tem um amor ao mundo da biologia que é vinculado a hipóteses científicas e em outras também a questões mais filosóficas, mais amplas”, afirmou.

Ainda de acordo com o especialista, as mais de 300 espécies de primatas existentes no mundo têm sofrido grande pressão de caça, a exemplo de Madagascar onde quase todas as espécies são consideradas ameaçadas de extinção. No Brasil, onde há cerca de 110 espécies, ainda é possível preservar boa parte da fauna e da flora graças a extensão do seu território, porém, nos biomas Mata Atlântica e Caatinga concentra-se o maior número de primatas ameaçados. Um dos principais problemas é a destruição do habitat desses animais devido ao desmatamento, à urbanização.

A segunda palestra, na sexta-feira (09), teve como tema “Assinaturas genéticas e fenotípicas de hibridização natural em saguis (Callithrix spp)” ministrada pela bióloga e professora doutora Joanna Malukiewicz. “Nessa palestra eu apresentei o que acontece geneticamente e morfometricamente com essas espécies de saguis fazendo um comparativo entre hibridização natural e hibridização antropogênica. Aqui na região esse fenômeno não prejudica o meio ambiente, até porque estudos mostram que hibridização faz parte de evolução das espécies”, disse.  

Para a estudante do Curso de Ciências Biológicas, Mariana Macário, as palestras foram objetivas e estimulantes. “Além de uma apresentação fantástica, contribuíram imensamente para despertar ideias acerca da vida profissional. Foi uma grande oportunidade de adquirir conhecimento”, concluiu.  

Fonte: Jaquelyne Costa/Ascom Cemafauna
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
1 2 3 4 5 6

Agende sua visita

Para agendar sua visita clique aqui e preencha o formulário. Em breve entraremos em contato.

Ficaremos felizes com sua visita.

Nossa atuação

O Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga tem sua sede em Petrolina-PE, mas sua área de atuação estende-se por todo o semiárido nordestino do Brasil, que compreende uma extensão de 982.563,3 km². Além dos diversos municípios que abrigam a obra do Projeto de Integração do São Francisco nos estados de Pernambuco, Paraíba e Ceará, o Centro também realiza ações no estado da Bahia participando de operações de fiscalização ambiental a exemplo da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) realizada pelo Ministério Público da Bahia em parceria com diversos órgãos ambientais. 

Quem somos e o que fazemos? Confira aqui!

Nessa reportagem, exibida no programa "Como Será?" no dia 11 de julho de 2015, você confere como é feito o trabalho de conservação e manejo de fauna realizado pelos analistas ambientais, professores e estagiários do Cemafauna Caatinga, nas áreas sob influência do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF).  

Conheça o trabalho do Cemafauna Caatinga assistindo este vídeo.

O Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga tem como missão desenvolver práticas de cunho socioambiental, buscando preservar o meio ambiente em favor dos animais do bioma caatinga. Para tanto, viabiliza ações nos âmbitos estrutural, tecnológico, educacional e pedagógico, nutricional e humano. 

Compre aqui seu exemplar de 'Caatinga Selvagem'!

Acesse o link acima e saiba como adquiri-lo. 

Em fevereiro/2012 um grupo contendo 46 Amazona aestiva, oriundos do comércio ilegal, foram liberados em um recinto com área de aproximadamente 750m² e com 8 metros de altura. Em abril/2012, 04 (quatro) ovos de A. aestiva foram encontrados nos troncos, mostrando que é possivel estabelecer um programa sério de reabilitação dessa espécie e de outras espécies. Esse projeto é uma parceria entre a CPRH, IBAMA-Recife e CEMAFAUNA.

Serviços

¬ mais serviços

CEMAFAUNA CAATINGA

Campus Ciências Agrárias, BR 407, Km 12, lote 543, Projeto de Irrigação Nilo Coelho - S/N C1 CEP. 56.300-000, Petrolina - Pernambuco - Brasil - www.cemafauna.univasf.edu.br

(87) 2101-4853 / 2101-4821 / 2101-4818

cemafauna@univasf.edu.br

 

UNIVASF

Fundação Universidade Federal do Vale do São Franscisco